sábado, 23 de outubro de 2010

SECRET REUNION

Nome: Secret Reunion

Diretor:  Jang Hoon
Roteiro: Jang Min-seok
Elenco: Song Kang-ho, Kang Dong-won
Ano: 2010 
Duração: 116 minutos
Idioma: Coreano  
País: Coréia do Sul
Gênero: Ação/Drama/Suspense
Sinopse:
Um agente da Coréia do Sul e um agente da Coréia do Norte formam uma amizade fora do comum, em clima de traição, suspeita e crime, seis anos após terem sido rivais num conflito entre duas agências de investigação dos dois países.





Trailer:






Do mesmo diretor de Rough Cut, Jang Hoon, Secret Reunion é um filme de espionagem com uma abordagem um tanto quanto diferente do que estamos acostumados a assistir.

Tudo começa a mil por hora. Um agente sul-coreano, Lee Han-Gyoo, interpretado pelo sempre excelente Song Kang-ho, está no encalço de um grupo de terroristas norte-coreanos que estão em solo inimigo, com o objetivo de assassinar o primo do ditador Kim Jong-il, que se entregou ao governo sul coreano, tendo sido considerado um traidor.

Com informações corretas e terroristas na palma da mão, tudo parecia fácil demais, se não fosse a ganância de Han-Gyoo em não querer reforços, assim tendo toda a glória para si. Grave erro, que ele perceberia mais tarde, perdendo seu emprego.

O trio de terroristas consegue seu objetivo, porém a presença da policia no local faz Song Ji-won ser considerado um traidor da pátria norte-coreana, assim sendo abandonado por todos.


6 anos se passam. Han-Gyoo é agora uma espécie de investigador de pessoas desaparecidas. E um de seus casos, acaba por encontrar Song Ji-won. Os dois se reconhecem instantaneamente, mas não sabem que um conhece o outro. Nisso começa o jogo de gato e o rato, no qual os dois formam uma estranha parceria, com o objetivo de coletar informações, enquanto fingem não saber a verdadeira identidade de seu mais novo parceiro.




O mais interessante em Secret Reunion é a forma com que a história é contada. Ao contrario da maioria dos filmes de espionagem, em que temos uma trama cheia de acontecimentos paralelos, nessa obra sul-coreana nós temos o foco nos dois parceiros e antagonistas. 
Com o decorrer dos fatos, vão sendo aprofundados os dramas e reais objetivos de cada um deles, tirando aquele ar de preto no branco, bonzinho vs bandido, que vemos seguidamente. Fica a cargo do telespectador escolher para quem vai torcer. Algo que me agrada muito.

Então, se você gosta de excelentes cenas de ação, suspense na medida exata, draminha básico e algumas cenas de comédia involuntárias, não perca tempo e veja logo esse ótimo filme sul-coreano, que nos proporciona isso tudo e muito mais.



Recomendadíssimo.


2 comentários:

  1. Deve ser excelente, por td q eu ouvi. Se os americanos fizerem um remake dele, vou espancar ate a morte.

    ResponderExcluir
  2. Tem link para baixar ?

    ResponderExcluir